HOSPITAL DE ALTA COMPLEXIDADE
"PTE. JUAN DOMINGO PERÓN"
O Hospital de Alta Complexidade “Pte. Juan Domingo Perón” anseia ser uma instituição de transcendência regional, nacional e internacional, no campo assistencial, docente e de investigação. Contamos com uma tecnologia inteligente dirigida por um grupo de experimentados profissionais que melhora a qualidade de diagnóstico, reduz riscos de erro, maximiza os efeitos curativos, diminui os custos e otimiza o uso dos recursos.

O HAC realiza diariamente cirurgias cardíacas mini invasivas

Compartir

O serviço de Cirurgia Cardiovascular do Hospital de Alta Complexidade "Presidente Juan Domingo Perón" continua afiançando o Programa de Cirurgias Cardíaca Mini Invasivas, que são procedimentos realizados na área há muito tempo .

Este tipo de cirurgias, nos seus inícios se realizavam selecionando os pacientes a tratar, até consolidar a técnica e atualmente se pratica diariamente  a todos os pacientes que assim o precisem . A mesma consiste na substituição ou plásticas sobre as válvulas cardíacas através de mini incisões deixando de lado a estereotomia ampla. Estes mini acessos oferecem ao paciente um pós-operatório muito mais confortável, com ausência praticamente da dor, escassas transfusões , reduz significativamente a estadia hospitalar e outorga ao paciente uma rápida  reinserção na suas atividades cotidianas. Exemplo disto são os pacientes recentemente operados, quem ingressaram na sala de cirurgias para uma substituição de válvula aórtica, os quais permaneceram 48 hs em unidade coronária com ótima evolução e foram dados alta no quarto dia. "Estamos muito contentes pela saúde do meu pai, que foi operado neste Hospital onde realizaram uma substituição de válvula aórtica, o qual foi sucesso. 

Foi uma cirurgia muito pequena de 4cm. Os médicos trabalharam arduamente mas tudo valeu a pena" expressou Meneses Etelvina- filha de Jose de 78 anos, paciente da localidade de Villa General Guemes com cobertura social PAMI.

Mirian Riveros, filha de Anuncia Pintos, outra paciente operada, quem realizaram uma cirurgia  valvular aórtica falou  : " o atendimento recebido foi ótima no hospital desde o maqueiro  até o cirurgião, estamos muito agradecidos com todos porque minha mãe poderá continuar com sua vida normalmente". Anuncia também com cobertura social PAMI e da localidade de Pirané. 

Cabe destacar que a técnica tem a necessidade da capacitação do recurso humano interveniente e a disponibilidade de instrumentais destinados à técnica mini invasiva. A mesma se aplica no HAC em todos os casos que assim o requerem tanto para os pacientes como cobertura social como para aqueles sem cobertura.

Estes resultados que permitem brindar este tipo de intervenções com tecnologia de avançada,  provem de contar com o material necessário que foi recentemente entregado ao Serviço de Cirurgia Cardiovascular nesta oportunidade se trata de uma caixa de instrumental especifico para cirurgia mini-invasiva.

O qual é possível graças a uma notável gestão onde o que se prioriza é o benéfico igualitário dos pacientes.

"Ambos aspectos foram realizados  graças ao apoio do hospital através do Ministério de Desenvolvimento Humano apostando à capacitação no exterior dos profissionais e adquirindo o instrumental necessário para poder levar adiante estes procedimentos com bons resultados  ; comentou o Dr. Sebastián Nicolás Responsável  do  Serviço de Cirurgia Cardiovascular.

"Atualmente os esforços atinge ótimos resultados  e é um objetivo do serviço levar a cabo a resolução de praticamente todas as patologias valvulares a traves de cirurgia cardíaca mini invasiva, avaliando detalhes a cada caso", finalizou .

Para mais  informação ou consultas sobre turnos comunicar-se aos seguintes números 44 36441/42, Hospital de Alta Complexidade “Pte. Juan Domingo Perón”.
 

COMO CHEGAR?